Notícias

Enterro da Gata'18 - Domingo, dia 13

Enterro da Gata'18 - Domingo, dia 13

 No segundo dia de folia das Monumentais Festas do Enterro da Gata, a noite foi dedicada aos grupos culturais, que têm um enorme papel na difusão do nome da academia.

 A Gatuna abriu a noite com a coordenação com que já habituou a academia minhota, seguida da Afonsina, com um hino que não deixa ninguém no público indiferente. A Literatuna e a Augustuna marcaram presença com as suas músicas que trouxeram nostalgia aos finalistas.

 A Tun'Ao Minho e a TMUM levaram as últimas meninas de Braga ao palco. Ainda pelo pólo de Guimarães, a Tun'Obebes aqueceu o público, que não podia perder a visita da tuna ao Gatódromo.

A OPUM DEI (Ordem Profética), que festejou os seus 27 anos, e a Tuna Universitária do Minho (TUM) encerraram a ronda de grupos culturais, não desiludindo com a sua atuação cheia de irreverência e unicidade.

 Daryanne Santos, estudante de Erasmus do curso de Direito, compara os dias de folia da terra bracarense com a vida universitária do Brasil, considerando ambos parecidos, apesar de ser a sua primeira vez. Admite, ainda, que achava que os “estudantes portugueses seriam muito mais inibidos”, ficando surpreendida com o ambiente de festa e o “brilho das pessoas”.

 Vinda do Campus de Azurém, Bárbara Costa, estudante do primeiro ano de Engenharia Mecânica, já percorreu várias festas académicas, destacando a organização do Enterro da Gata. A dimensão do convívio entre alunos e não-alunos é muito maior, envolvendo toda a gente que não pertence à academia como se fosse também a sua festa.

As celebrações espalharam-se depois até à Tenda RUM, com a atuação de Motinha. Na Tenda de Eletrónica, os DJ's Chinelos Com Vida e Quim das Remisturas, com grandes êxitos de música portuguesa, encerraram a noite.

A semana continua, esta segunda-feira, com a subida ao palco de The Legendary Tigerman e Needle, vencedores do concurso do UMPlugged. 

 

 

 

 

 

AAUM

Bilheteira online

Compra já
o teu bilhete!